quinta-feira, 14 de maio de 2015

Resenha: O Teorema Katherine


Olá pessoal, hoje eu vim trazer a resenha do livro mais apedrejado do John Green que é o OTK, um livro sobre amizade, crianças prodígio, 19 Katherine's e uma Lindsay. Essa não é mais um resenha falando o quanto ele errou no livro e blá blá blá porque eu simplesmente amei o que o Green fez na história.

O livro fala sobre o Colin, um menino prodígio de 16 anos com uma paixão por garotas com o nome Katherine (K-A-T-H-E-R-I-N-E como o narrador deixa bem claro, é pela ortografia do nome). Ao longo dos seus 16 anos Colin já namorou 19 Katherines, e todas elas terminaram com ele. Após o termino com a K-19 ele entra numa poça de lamentações e o seu melhor amigo, o Hassan, decide que eles precisam viajar sem rumo e eles vão a procura de preencher o "pedaço faltando" do Colin. Eles chegam a cidade de Gutshot no Tenessee em busca do lugar onde foi enterrado o Arquiduque Francisco Ferdinando como dizia uma placa a beira da estrada, e lá eles encontram a Lindsay, uma menina da cidade que acaba se tornando amiga deles. A história se desenrola a partir daí como uma história engraçada e triste ao mesmo tempo.



Sou suspeita pra falar da escrita do John Green porque sou apaixonada por ela, mas acho importante fazer uma ressalva que esse foi o único livro em 3º pessoa que eu li dele (que eu me lembre) e que eu simplesmente adorei a forma dele escrever em 3º pessoa, se torna um escrita gostosa mesmo fora do comum do Green que é mostrar os pensamentos do personagem.

Bom gente essa foi minha resenha fangirl de mais um livro do Green, espero que tenha gostado e se interessado com a leitura caso ainda não tenham lido, beijos e até a próxima.

Sigam nas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário